Vizinhança Solidária Escolar de Itapeva/SP é referencia no Estado de São Paulo

Notícias, Polícia

Em 15 e 16 de maio de 2018, sob a coordenação da Diretoria Regional de Ensino/Leste 2 e do 29° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, por meio de apoios da OAB Distrital São Miguel, SENAC – Unidade São Miguel, CONASEG(s), além do CIC Encosta Norte e damais forças vivas da Comunidade local foi instalado o: Fórum Permanente de Cidadania, Educação e Segurança com o tema: ” Patrimônio Educativo para uma cultura de prevenção primária”.

Onde um dos palestrantes foi da Região de Itapeva o Capitão Maciel do 54° Batalhão de Polícia Militar do Interior, onde o oficial foi apresentar o Programa desenvolvido junto as Escolas Estaduais da cidade de Itapeva e se tornou referência para o Estado de São Paulo.

O Programa Vizinhança Solidária Escolar tem aproximado os jovens da Polícia através de palestras.

A cidade de Itapeva hoje, ocupa o 2° Lugar no Estado de São Paulo com o maior número de grupos e participantes do Programa no Interior do Estado, o que nós levou a tomar mais um passo e estender o Programa as Escolas publicas, direcionando aos membros da Comunidade Escolar da Rede Estadual de Ensino em Itapeva, onde através da implantação do Programa Vizinhança Solidária Escolar busca se a cooperação entre os participantes e a Policia Militar é preciso entender que a segurança pública deve ser vista como um conjunto amplo de ações e nesse contexto é de fundamental importância o papel da Polícia Comunitária Escolar que por de atuação na prevenção à violência, ajuda a resgatar e garantir um sentimento de sensação de segurança e de tranquilidade necessários para uma convivência mais prazerosa, capaz de estabelecer um vínculo de confiança entre a população e a PM.

O foco principal das ações do “Programa Vizinhança Solidária Escolar” será a realização de palestras por Policiais Militares das diversas modalidades de policiamento (Bombeiros, Rodoviário, Ambiental e Policiamento de Área), devidamente capacitados para esse fim, abordando temas relacionados à questões da violência e da criminalidade que hoje permeiam o cotidiano das nossas escolas.

As palestras serão uma forma da Polícia Militar interagir com a escola e comunidade escolar por meio de esclarecimento e informações sobre temas relacionados a Segurança e, principalmente, com a conscientização sobre os efeitos nocivos das drogas. Disse o CAP PM MACIEL.