Pai e filho agridem funcionários de terceirizada que questionaram atrasos no pagamento

Buri

Segundo Buri Conectado funcionários da empresa terceirizada que reclamaram atraso nos pagamentos estão registrando um boletim de ocorrência nesse momento na Delegacia de Policia de Buri, após serem agredidos durante a manhã dessa segunda feira (20).

Em contato com o Buri Conectado um dos funcionários disse que todos estavam sentados, lendo o ponto e comentando sobre os atrasos quando chegaram os dois – pai e filho – chegaram.

O dono da terceirizada teria questionado a existência desse ponto e alegado que por conta disso teria atrasado os pagamentos. Informação desmentida ali mesmo pelos funcionários que informaram ter todas anotações. Os ânimos se esquentaram e iniciou-se uma discussão verbal.

O filho teria iniciado a agressão física. Segundo os funcionários, ele aguardava no carro quando em determinado momento saiu e foi pra cima de um deles, desferindo socos e pontapés. O funcionário levou um soco no olho esquerdo (foto), sofreu escoriações no rosto e na mão e teve parte da camiseta rasgada.

Na tentativa de separar e interromper a briga os demais disseram que foram agredidos também pelo pai.

Um deles saiu correndo pedir ajuda de um empresário nas proximidades. A Policia Militar foi acionada e esteve no local.

Foto: enviada pelos funcionários para Buri Conectado