HomeNotíciasItapevaNotíciasInvasão de cavalos em plantação no terreno do aeroporto de Itapeva se torna caso de polícia

Invasão de cavalos em plantação no terreno do aeroporto de Itapeva se torna caso de polícia

Itapeva, Notícias
Invasão de cavalos em plantação no terreno do aeroporto de Itapeva se torna caso de polícia

Nesta semana (10/8) foram lavrados dois boletins de ocorrência no plantão policial de Itapeva com fatos ocorridos nas dependências do aeroporto municipal de Itapeva.

A primeira situação diz respeito ao abandono de animais em propriedade alheia. Conforme narrado no boletim de ocorrência, o produtor rural arrendatário de terras para plantio capturou 3 cavalos que invadiram o terreno público do aeroporto municipal. Os cavalos estavam causando danos nas plantações que cercam as laterais da pista terra da escola de aviação mantida pelo Aeroclube de Itapeva.

O arrendatário que reside no local desde 2006, com permissão contratual de arrendamento de terras feito pelo aeroclube, informou à polícia que o terreno é constantemente invadido por cavalos, colocando em risco a pista de terra usada para decolagens e aterrissagens de instrução de alunos de aviação do aeroclube.

A invasão dos animais também causa prejuízos ao produtor rural arrendatário do terreno, pois o plantio de soja e outras lavouras ao redor do terreno do aeroporto é sua fonte de renda mediante contrato firmado com o aeroclube que recebe pagamento pelo uso das terras para lavoura.

No segundo boletim de ocorrência o produtor rural afirmou que recebeu ameaças de ser removido do lugar pelos administradores do aeroclube, sendo a ameaça feita por um dos funcionários do aeroclube que também reside no local e toma conta do hangar e oficina da escola de aviação do aeroclube.

Durante essa semana, o produtor rural que arrenda 8 alqueires de terras do aeroporto informou que contactou a Prefeitura de Itapeva para retirar os animais da propriedade, sendo prontamente atendido pelos funcionários responsáveis pelo setor. Segundo o arrendatário esse teria sido um dos motivos da desavença com membros do aeroclube que estiveram no local, após um funcionário da prefeitura ter ido até o local averiguar a situação.

O Aeroclube de Itapeva constituído sob forma de associação sem fins lucrativos recebeu da Prefeitura Municipal de Itapeva, mediante decreto assinado no mês de julho de 2020, autorização para tomar as medidas necessárias de segurança e operação do aeroporto junto às autoridades de aviação civil do governo.